Torneira vazando principais causas

Torneira vazando principais causas

Torneira vazando principais causas dicas do Encanador: O vazamento de torneiras não é apenas um inconveniente sonoro. Que não.

Deixa ninguém dormir. Também representa desperdício de água e do seu dinheiro. Sempre que nos deparamos com o chato pinga-pinga é necessário realizar o reparo. Por serem aparentemente. Complicadas de consertar.

Muita gente acaba deixando para depois e acaba piorando a situação. Uma torneira pingando pode desperdiçar mais de 50 litros de água por dia. Isso dá mais de 1.400 litros por mês.

É muita coisa para deixar ir embora pelo ralo.


Como consertar a torneira pingando

O pinga-pinga é um problema sério e que precisa de conserto imediato após a detecção. Que tal aprender como reparar uma torneira pingando? Vamos lá.


O que não fazer com uma torneira pingando

É muito comum as pessoas apertarem a torneira para parar o vazamento. Sim, isso funciona algumas vezes, mas a solução paliativa apenas piora a situação como um todo. Além de terminar de destruir a vedação.

Da torneira, forçar a rosca pode danificar também os outros componentes da peça. Um problema que poderia ser resolvido com alguns centavos vai acabar custando muito dinheiro.

O melhor é arrumar a torneira assim que ela começa a pingar.


As principais causas

Para saber como consertar um problema primeiro é importante entender quais são as principais causas desse problema. As torneiras podem ser divididas em dois grupos distintos, as comuns e as de ¼ de volta.

O problema de vazamento está sempre no mesmo local. No reparo (também chamado de mvs). As torneiras comuns têm uma borrachinha de vedação no reparo que quando substituídas podem resolver o problema.

As torneiras de ¼ não possuem essa borrachinha. Para consertar o vazamento é necessário trocar o reparo todo.


Como identificar o tipo de torneira

De forma bem simples as torneiras comuns são aquelas que você precisa girar para que ela abra, quase dando uma volta completa. As torneiras ¼ são aquelas que abrem através de alavanca que dão apenas um quarto.

De uma volta (daí o nome). A maioria das torneiras de pias e de lavatórios são comuns. Mas é bem fácil identificar caso não seja. Já sabe qual é o tipo da sua torneira? Então vamos pôr a mão na massa. O primeiro.

Passo é fechar o registro interno do banheiro, ou então desligar a água da casa caso vá trocar o reparo da pia. Abra a torneira por alguns segundos para deixar que a água dentro do cano saia e não faça uma bagunça.

Na hora de desmontar. Pode deixar a torneira aberta, irá ajudar na hora da montagem final.


Como consertar o vazamento de torneiras comuns

Se a sua torneira for comum há duas maneiras de consertá-la. Trocando o reparo todo ou apenas a vedação. Na maioria dos casos apenas trocar a vedação é o suficiente.

Você irá precisar de:

Chave de fenda ou chave Philips (dependendo do modelo);
Alicate bomba d’água ou chave de grifo;
Vedantes ou reparo novo. O ideal é abrir a torneira antes de comprar.

Para abrir a torneira são necessárias apenas essas duas ferramentas. O primeiro passo é retirar a parte onde “giramos a torneira”. Para isso remova o acabamento que esconde o parafuso. Desparafuse e retire a manopla.

O que sobrou foi um “pino” geralmente na cor bronze. Esse pino é chamado de haste e ele está diretamente ligado com o reparo. Usando a chave grifo ou o alicate bomba d’água retire o reparo da torneira.

Agora é hora de tentar entender o que está acontecendo. Analise se a borracha que fica na ponta do reparo está inteira. Se ela estivar rachada, rasgada, torna ou deformada, essa é a causa do problema. Leve a borracha.

E o reparo até uma casa hidráulica e peça por uma borrachinha idêntica àquela. Basta trocar a borracha de vedação e remontar a torneira para resolver o problema. Caso o problema não seja resolvido a solução.

É trocar o reparo inteiro.


Como consertar vazamentos em torneiras ¼

As torneiras ¼ têm um processo de desmontagem bem parecido com a das torneiras comum. A única diferença é que a torneira ¼ não possui borracha de vedação, portanto é necessário a troca de todo o reparo.

Lembrando que cada torneira, de qualquer modelo, possui um método de desmontagem diferente, por isso é bom desmontar com cuidado para saber montar novamente. Da mesma forma que na comum, leve o mvs.

Para uma loja especializada e compre uma peça idêntica para realizar a troca.


É bem fácil, não é mesmo?

Ainda está com dúvidas ou quer a ajuda de um profissional? Nossa equipe de encanadores está pronta para te atender com profissionais treinados e com um serviço de alta qualidade. Entre em contato com a gente.

E conheça os nossos serviços, valores e condições. Temos a certeza de que você irá encontrar o que procura com a encanador porto alegre.


Vazamento de torneira descubra aqui os motivos

Uma das coisas mais chatas que podem acontecer quando tentamos dormir é ouvir aquele som desagradável de uma torneira pingando. E, além de ser chato, ainda é antiecológico, pois a água desperdiçada é muito.

Maior do que parece. São diversas as causas que podem originar esse mal, e não é tarefa fácil entender o mecanismo do encanamento, sendo mais indicado chamar um técnico especializado no assunto para.

Que ele possa resolver o problema o quanto antes. Porém, não custa nada aprender um pouco mais e saber o que pode estar acontecendo. Quer descobrir quais são os reais motivos de vazamentos na torneira? Confira:


Primeiros passos o que não fazer

Quando começamos a escutar aquele barulhinho irritante, a primeira coisa que pensamos em fazer é correr até lá e apertar a torneira com toda sua força. No entanto, por mais tentador que seja, isso não é o.

Indicado, pois pode aumentar ainda mais os danos aos componentes e depois o pinga-pinga pode piorar. Outra atitude comum e também pouco recomendada é tentar desmontar o sistema você mesmo. Além de.

Talvez, não conseguir êxito em sua tarefa, você corre o risco de danificar sua peça, causar um vazamento e acabar com um cômodo ou mais completamente inundados. Vale ressaltar que uma torneira pingando.

Pode consumir cerca de 50 litros de água por dia. Isso dá mais de 1.400 litros por mês, ou seja, desperdício de mais de uma caixa d’água só com uma torneira!


Quais problemas podem estar causando o vazamento?

O pinga-pinga pode ter diversas causas, que variam muito, de acordo com o tipo de torneira que você possui em sua residência. Existe um modelo que é mais comum: aquele que, para abrir até o final, você precisa dar.

Mais do que uma volta completa. Mas, em algumas casas, foram adotados alguns modelos mais modernos, que se valem de sistemas diferentes. Entre eles está a torneira ¼ de volta, que com apenas um toque.

Você abre e com outro você fecha. Os problemas entre esses dois tipos de torneira são distintos: Na torneira comum, quando há o temido pinga-pinga, em geral, o problema está na borracha. Se você forçar e.

Apertar a torneira ainda mais, vai danificar a borrachinha e piorar a situação. O ideal é chamar o técnico para mudar essa peça. Já nas torneiras ¼ de volta, o problema é outro. Elas não possuem a borracha, ou seja.

Quando estiverem pingando, você precisa trocar o reparo interno, peça que participa da contenção da água. Se ela continuar pingando, não tem jeito, será preciso trocar o reparo completo.

A água é coisa séria, e não estamos em posição de poder desperdiçá-la, pois, além de não ser uma atitude ecologicamente correta, ainda pode pesar no nosso bolso. Portanto, quando ouvir o temido barulhinho.

De gotas caindo, não hesite em procurar ajuda especializada. Quanto antes o problema for resolvido, melhor para você e para a sua paciência!